Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

ENTREVISTA AO RICARDO ARAUJO PEREIRA

25
Ago09

NUMA REVISTA QUE TENHO AQUI A UMA ENTREVISTA AO RICARDO QUE TIVE CURIOSIDADE DE VOLTAR A LER E DEPARO-ME COM A SEGUINTE PERGUNTA:

 

 

 

"saltemos 2008 e passemos para 2009. podemos finalmente antecipar, para esse ano a concretização do projecto "gato fedorento- o filme?"

 

AO QUE RICARDO RESPONDE:

 

 

 

"é uma das possiblidades que esta a em cima da mesa para esse tal futuro em que contamos abandonar a televisão, mas não é liquido que seja já para 2009. Nem sequer há nada de concreto. por enquanto, é apenas uma possibilidade"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ricardo araujo pereira (tal como a mulher no post em baixo) tambem foi ao Expo Amadora

24
Ago09

 

 

 

Ricardo Araújo Pereira é entrevistado pelos visitantes da 2ª Expo Amadora

 

 

O espaço “Entrevista com…” ia ser utilizado uma última vez e o convidado que o faria seria o Ricardo Araújo Pereira.

À hora anunciada na agenda, já uma série de pessoas aguardavam neste espaço a chegada de Ricardo Araújo Pereira. Uns relembravam as perguntas que pretendiam fazer, outros verificavam se os telemóveis tinham bateria suficiente para tirar mais do que uma única fotografia, outros ainda traziam de baixo do braço a obra Boca do Inferno para que fosse autografada pelo autor.

Inevitavelmente, as primeiras perguntas colocadas a Ricardo Araújo Pereira relacionaram-se sobretudo com sketches do programa humorístico Gato Fedorento. Como surgiram as ideias? Quanto tempo foi necessário treinar para realizar determinado sketch? E daí a pedir que Ricardo Araújo Pereira reproduzisse um pouco de alguns deles foi um instante.

 

 

O entrevistado procurou explicar a sua profissão aos mais pequenos da plateia: o que é ser guionista e que trabalho é que é desempenhado, usando para isso exemplos concretos que demonstraram que o acto de escrever não resulta somente de uma mera inspiração - “Aquilo que vocês vêem na televisão, e que para alguns pode até ter alguma piada e para outros não, é resultado de um processo de trabalho e de estudo.”

Há pergunta “Tem medo de deixar de ter piada?”, Ricardo Araújo Pereira responde: “Ninguém pergunta a um cantor se tem medo de deixar de saber cantar. Também seria estranho perguntar a um pintor se tem medo de deixar de saber pintar. Não tenho medo de deixar de ter piada, porque o humor que faço resulta do meu trabalho.”

Conhecido também por gostar de futebol e ser um fervoroso adepto do Sport Lisboa e Benfica, o Grupo Edifer entregou algumas bolas de futebol para que Ricardo Araújo Pereira autografasse e distribuísse pelos presentes.

 

video

 

 

MULHER DO RICARDO FALA COM JOVEM SOBRE A RADIO

23
Ago09
A produção e locução na rádio explicadas por Maria José Areias e Joana Cruz
 

E se, até então, o universo da televisão tinha dominado o espaço de “Entrevista com…”, tinha chegado a vez da rádio. Para o efeito, Maria José Areias e Joana Cruz partilharam com os mais jovens algumas das experiências profissionais vividas no seu dia-a-dia, entre algumas curiosidades.

Maria José Areias falou acerca do seu percurso académico e profissional, revelando quais os passos que deu até chegar à rádio na qual está a trabalhar actualmente (RFM). As questões incidiram sobretudo na sua actividade profissional de produtora do programa Café da Manhã. Os alunos das várias escolas presentes pretenderam saber mais acerca do que é ser produtora de um programa: como se prepara um programa de rádio? Quanto tempo era necessário para o escrever? O que Maria José Areias sentia quando o programa não corria tal como previsto ou pensado? A que horas tinha que chegar ao trabalho? Estas são exemplos de algumas questões que se fizeram ouvir neste momento de entrevista.

 

 

(a esquerda a mulher do Ricardo, Maria josé Areias e a direita Joana Cruz) 

 

 

PS: OBRIGADO PIOLHITA PELA NOTICIA

RECORD (CRONICA DO MIGUEL GOIS)

21
Ago09

Eu, de madeixas? 

 

Ninguém disse que ia ser fácil. Todo aquele bom futebol que o Benfica apresentou na pré-temporada só resulta com equipas que também elas se dispõem a jogar futebol. E, como se viu no domingo, é muito difícil os jogadores do Benfica concentrarem-se em marcar golos quando o "speaker" do Estádio da Luz passa os noventa minutos a repetir a frase "Pede-se ao dono da viatura 56-79-CV que venha retirar o autocarro que estacionou no meio do relvado".

Quanto a Jorge Jesus, até ao momento só tenho uma queixa. Por causa dos seus berros para dentro do campo, não consigo ouvir os sessenta e tal mil adeptos benfiquistas a gritar SLB, SLB. Não digo que não seja uma experiência nova: ir ao estádio e ainda assim ouvir todas as jogadas serem comentadas por um treinador prestigiado, algo que até este momento só era acessível a quem ficasse em casa a seguir as transmissões televisivas. Mas não estava preparado para ouvir o Jorge Jesus a gritar coisas como "Não podemos estar tão vulneráveis ao contragolpe adversário, ó c...!" Não vale a pena esconder que estou encantado com esta mistura entre Luís Freitas Lobo e Fernando Rocha.

Ao contrário de Carlos Carvalhal (que se apresenta com um "look" moderno, mas pratica um futebol que cheira a mofo), só a pastilha na boca e as madeixas no cabelo dão a Jorge Jesus um ar contemporâneo. Percebe-se que a pastilha está lá para substituir o mortífero cigarro, se bem que mascar pastilhas daquela maneira também não deve fazer nada bem à saúde. Em relação às madeixas no cabelo, já levanto algumas dúvidas no campo estético. Mas não duvidem que, no dia a seguir ao Benfica se sagrar campeão nacional, entrarei no salão do Moreno e direi, com todo o gosto: "Era umas madeixas acobreadas como as de Jorge Jesus, se faz favor."

VIM MAIS CEDO

21
Ago09

OLÁ PESSOAL

 

como vim mais cedo e já tive a ler alguns comentários houve um que me deu uma grande ideia, que tal um CHAT para poder-mos falar?

 

eu e o resto das GatoFas falamos todos os dias mas eu não tenho a oportunidade de poder falar com vocês, por isso vou abrir um chat para toda a gente que queira falar comigo com as GatoFas ou com outras fãs dos gato fedorento.

 

fiquem atentas o blog vai ficar melhor do que já é (espero)