Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

mete-se o natal

18
Dez09

"Quem já lidou com serviços, sabe o que é isto: “Pronto, o requerimento está entregue. O problema é que isto é capaz de atrasar” (pausa dramática) “porque agora mete-se o Natal...”, acaba por dizer o funcionário, como quem anuncia um acidente. Apanhados de surpresa, damos por nós a murmurar, com pesar “Ah... não me diga. Pois, se é assim...” Quando, o que devíamos dizer era “Ó meu amigo, o Natal não se meteu coisa nenhuma, porque já o ano passado – e esta tem graça! – se tinha metido nesta altura. Como aliás, salvo erro, se tinha metido no anterior. Ou não? Espera... Sim, já se tinha metido no anterior!
Mas estaria a ser injusto para o funcionário, que só quer fazer o seu trabalho e não tem culpa por ter sido apanhado de surpresa pelo Natal, que se “meteu” no meio do serviço, atrasando a produção uns quinze dias. Isto porque, não contente em “meter-se”, pôs uma cunha e “meteu” também a véspera. Além disso, quando o funcionário julga que o caminho está livre para dias e dias de trabalho ininterrupto, eis senão quando se “mete” o Ano Novo. Sacana. E o funcionário, coitado, ainda a refazer-se da surpresa da primeira metidela.
Todo o ano, invariavelmente, o trabalhador português é surpreendido por este “meter-se” do Natal.
Ó Silva, tens tudo preparado para acabar o serviço? ‘Tá tudo pronto chefe, se não acontecer nada de estranho, tenho isto acabado dia 26 Óptimo!  Ui... Espere lá... Estou aqui a consultar o calendário... É pá...  O que foi?  O chefe não vai acreditar, caraças, mas vai-se meter aqui o Natal!  O Natal? Poça! E agora? Agora? Só acabo isto lá para Janeiro. E, e!
É uma tragédia. O governo devia pensar em fazer alguma coisa, já. Quer dizer, agora, só lá para o ano, claro."

(Zé Diogo Quintela, Gato Fedorento, 2003)

Uma tarde com Ricardo Araújo Pereira.

18
Dez09

 

 

Ontem o conhecido humorísta português, Ricardo Araújo Pereira, visitou a Universidade de Évora, para apresentar o seu recente livro, "As novas crónicas da boca do inferno" da editora Tinta da China.

Foi uma tarde, que diga-se de passagem,  foi bem animada,  proporcionada pelo Maradona do Humor Português.
Maradona Porquê? 
Assim como Maradona improvisava jogadas geniais, para gáudio dos adeptos,  o RAP  conquistou o público com seu humor improvisado e contagiante sobre os vários aspectos da politica e da sociedade portuguesa.

 

in: dignidade rebelde

 

COMUNICADO IMPORTANTE DE CARDI_LADY

18
Dez09

Pessoal, eu sei que se sentem um pouco revoltados por ser "Ricardo Araújo Pereira e os Gatos Fedorentos", mas têm que compreender que nao e culpa dele, e sim da imprensa que o considera o lider dos Gato. E a verdade é que ele é mesmo o lider deles, é o mais inteligente, o mais culto e o que desempenha mais papéis nos Gato, por isso é normal que ele seja destacado, o que nao quer dizer que os outros sejam esquecidos, pois tambem muitos gostam dos outros Gato e reconhecem o trabalho deles. Agora, nao vamos fazer disto um drama. Tentem perceber que ele nao pode fazer nada e os Gato não se importam com a fama dele, pelo contrário, até sentem pena da importância que os media lhe dão (e nao 'os mídia', como já li num comentário). Eles sao amigos e nao se importam com estas coisas insignificantes, porque é que voces se importam tanto? Os Gato nao seriam a mesma coisa sem o Miguel, sem o Zé e sem o Tiago, claro, pois nao é só o Ricardo. Nesse caso, seria humor a solo, mas nao, é um grupo de quatro grandes humoristas. Acho que deveria ser apenas "Ricardo Araujo Pereira", pois o título é "Melhor Personalidade Nacional", ou então apenas "Gato Fedorento", penso que o que fizeram nesta votação foi querer destacar o Ricardo, mas ao mesmo tempo reconhecem também que sem os outros Gato o Ricardo nao teria a popularidade que tem e que eles também sao importantes, por isso colocaram-no deste modo. Como fã do Ricardo, sinto-me indignada que os media não larguem o pé do meu ídolo e que coloquem os outros um bocado "de parte", mas não há nada que possamos fazer. Apenas não se revoltem com o Ricardo, como acontece com a Gatinha do Fininho, pois a vossa revolta também me choca, o rapaz não tem culpa!