Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

Gato Fedorento Fãs

Gato Fedorento: 4 pessoas, 4 homens, 4 comediantes, mas acima de tudo são 4 amigos... 4 amigos que adoram o que fazem, e nós adoramos o seu trabalho!

Colecção Literatura de Humor com novo título

11
Jun10
Escolhida pelo Gato Fedorento Ricardo Araújo Pereira, a colecção Literatura de Humor da Tinta-da-China tem mais um título no seu catálogo, concretamente «Wit - Ensaios Humorísticos», de Robert Benchley.
  
«´Este livro reúne um conjunto de textos a que chamámos "ensaios humorísticos", designação que, tendo em conta a relativa má reputação do humor e dos humoristas pode, à primeira vista, constituir um oximoro. E, no entanto, é de ensaios humorísticos que falamos aqui – até porque, além de tudo o mais, Benchley foi uma espécie de enciclopedista do humor. A sua produção é tão vasta e variada que parece não ter sobrado nenhum tema no qual ele não tenha detido um olhar humorístico: quer os temas mais fáceis e acerca dos quais toda a gente tem uma opinião (como a morte, o amor, ou a guerra), quer os temas mais difíceis, e sobre os quais – não por acaso – os filósofos têm tido mais relutância em reflectir (como a febre dos fenos, as enguias ou as casas de banho). O seu amigo James Thurber diria que um dos maiores medos de qualquer humorista era passar três semanas a trabalhar numa ideia e depois descobrir que Benchley já tinha feito o mesmo mas melhor e mais depressa. (...) Robert Benchley foi um humorista a quem os mestres chamavam mestre. Não é para todos´, escreve Ricardo Araújo Pereira no prefácio»
 
Os Cadernos de Pickwick
Charles Dickens

Um dos volumes inaugurais da Colecção de Literatura de Humor de Ricardo Araújo Pereira: «Um clássico instantâneo, uma referência na comédia de situação, de linguagem e de personagem, cuja influência se percebe em obras de todos os tipos.» Trad.: Margarida Vale de Gato.


Jacques, o Fatalista,e o seu amo
Denis Diderot

Um dos volumes inaugurais da Colecção de Literatura de Humor de Ricardo Araújo Pereira. «Equiparável ao "Dom Quixote" ou ao "Ulisses". Uma explosão de liberdade impertinente sem autocensura e de erotismo sem álibis sentimentais.» Trad.: Pedro Tamen.

Wit Ensaios Humorísticos
Robert Benchley

Este volume da Colecção de Literatura de Humor de Ricardo Araújo Pereira apresenta um autor inédito em português cujos textos influenciaram todos os grandes humoristas contemporâneos. Tradução de Júlio Henriques.





 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.